25.7.12

update

No dia 7 comecei a trabalhar como voluntária do Curtas, e como estava ao serviço no turno da noite acabei por perder grande parte das competições mais sonantes, tendo visto apenas cerca de 8 sessões durante todo o festival. Confesso que foi uma experiência sem igual "fazer parte" de um dos maiores festivais internacionais de curtas metragens - o ambiente era espectacular - desde directores e trabalhadores efectivos aos voluntários apenas durante o festival. Em suma, nada de negativo há a apontar acerca do festival, no qual tenciono voltar a voluntariar-me nos próximos anos. 
Tendo o Curtas terminado no dia 15, três dias depois era altura de um novo voluntariado noutro festival - o Milhões de Festa. Desta vez o trabalho a realizar era no bar do palco Taina, 5 horas por dia. Aprendi a "tirar finos", fazer gin tónicos e outras tais bebidas. Uma óptima experiência que me permitiu ter um freepass para o festival, alojamento e uma refeição por dia. Sobre o Milhões, não há muito a dizer - boa música, boa piscina e bom ambiente. E mesmo que a boa música não esteja presente, temos sempre o resto, e como este ano o cartaz (para mim) não estava à altura do preço tive de arranjar outra alternativa para lá estar presente.

Para quem nunca o fez, o voluntariado em festivais é uma óptima opção quando o dinheiro não chega, já para não falar no enriquecimento pessoal ao qual somos sujeitos!

2 comentários:

  1. Olha miúda não te esqueças de pedir certificados, pois pode fazer jeito e assim não precisas de aldrabar currículo como o Dr. da Relva.
    Beijos

    ResponderEliminar
  2. Não se preocupe que estou a tratar do assunto!

    ResponderEliminar